Pausa para outra bobeirinha

•19/08/2009 • 3 Comentários

Releituras da Santa Ceia (muito legal!):

Blog Literatura Clandestina – Todas as ceias do mundo

Santa_Ceia

Pausa para uma bobeirinha ^^

•07/08/2009 • 1 Comentário

50% Geek

Created by OnePlusYou – Free Dating Sites

31%

Created by OnePlusYou – Free Online Dating

Eu sempre soube…

Férias

•19/07/2009 • 1 Comentário

Aviso aos leitores:

Este blog não está sendo abandonado, está apenas entrando de férias pra voltar lá pelo dia 17 do mês que vem =)

Até lá, se Deus quiser!

\o/

\o/

Oh captain, my captain!

•10/07/2009 • 3 Comentários
"Quando alguém se entrega ao ofício de ensinar, com uma fé conspícua e soberana, acreditem que a desilusão vive nele, como as ondinas num lago, como no elemento que as criou." - Agustina Bessa-Luís

"Quando alguém se entrega ao ofício de ensinar, com uma fé conspícua e soberana, acreditem que a desilusão vive nele, como as ondinas num lago, como no elemento que as criou." - Agustina Bessa-Luís

Quando o prof. Fábio Malini, coordenador dos nosso blogs ^^, solicitou que fizéssemos e postássemos uma entrevista à nossa escolha, notei que sem querer surgiu um padrão: entrevistas com os professores! Quer maior prova de que eles são o nosso exemplo, nossa referência? Cada um deu um jeitinho de achar um professor que se encaixasse na temática do seu blog, e aí vai esse banco de links interessantes para quem se interessa por comunicação e, principalmente, para quem cursa comunicação social na Ufes com essas figuras, como eu!

Alexandre Curtiss, no Dentro da Sala Escura (de Flora Viguini)

Erly Vieira Jr., no Cinema Revisitado (de Patrícia Carrion)

Cléber Carminati, no Drop Out Now (de Júlia Nogueira)

Fábio Goveia, no Fotogravar (de Nathália Pompermaier)

Tem também a entrevista com o querido professor de francês do Centro de Línguas Marcos Roberto, no Olhar à Francesa (de Pablo Rezende).

Na mesma época das entrevistas eu postei aqui no blog um perfil do professor Ricardo Conde. Hoje, por sinal, fui informada de que ele acaba de se campeão mundial de windsurf DE NOVO em sua categoria. O campeonato dessa vez foi na Espanha, e aconteceu entre os dias 04 e 11 de julho. Ou seja: enquanto fazíamos o trabalho final de rádio ele estava lá em mares distantes, ganhando o título!! rs. Foi um tempo estratégico =)

Parabéns, professor! o/

Sobre partidas e os que partiram

•04/07/2009 • 5 Comentários

Homenagem a algumas pessoas queridas que já foram dessa pra melhor.

Ao Acasos

•26/06/2009 • 3 Comentários

Sobre jornalistas

•23/06/2009 • 7 Comentários

journaliste-singeComo todos já sabem, eis que a obrigatoriedade de diploma para ser jornalista foi derrubada no último dia 17,  segundo decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre favoráveis e contrários, mortos e feridos, uma das análises  mais interessantes que li a respeito do tema e que indico aqui é a do meu amigo e também estudante do curso de jornalismo Filipe Moreira. Em meio a tanto falatório, ele conseguiu ser sagaz com simplicidade e poucas palavras, levando em consideração o que foi cômodo para muita gente ignorar.

Também indico o texto de Cris Rodrigues, publicado no interessante blog Jornalismo B. Lá ele coloca a opinião dele acerca do assunto, e a meu ver é uma opinião bem legal.

Quanto ao meu ponto de vista, pra não deixar passar em branco, enquanto não só estudante de comunicação mas também ser humano pensante e cidadão, acho que estudar sempre é bom e nunca é demais. Não estou no meu curso para brincar porque é divertido (apesar de às vezes ser), eu estou lá pra aprender (apesar de às vezes cochilar). Acho que existem pessoas de outros cursos (e também de curso nenhum) que escrevem brilhantemente bem, muito melhor do que eu jamais escreverei, como o meu amigo blogueiro e formado em Letras-inglês Pedro “BeatsMe” Moreno, que sempre uso de exemplo (o site novo dele ainda está em construção, mas eu garanto que quando ficar pronto você verá a divina inspiração com a qual o rapaz escreve!). Ao mesmo tempo acho que a decisão do STF, se levada a cabo não só no âmbito do diploma de jornalista mas também em outras profissões (como se propõe), vai avacalhar esse país já avacalhado e diminuir nossos salários já diminutos. Não sei dizer exatamente qual é a razão por trás de tudo isso, só sei que, com toda a certeza, ela tem a ver com o interesse primordial que move o mundo e a humanidade: O DINHEIRO.

war-zone-2-journalist-cartoonQualquer um pode ser jornalista. Quem sabe com dom, treino, força de vontade e paixão, sentar e escrever uma, duas, três, quatro, cinco notícias, notas, reportagens, matérias, fazer a pergunta certa, usar a entonação certa, saber a informação certa, na hora certa, no lugar certo, durante o dia inteiro, e dia após dia, e aos finais de semana, feriados, natais e anos novos, na frente do computador, na rua, na praia, na favela, no senado, na zona de guerra, enquanto o telefone toca, e as pessoas gritam, e os emails chegam, e o tempo acaba. Tão fácil criticar, né?

Desafio qualquer um a ser jornalista e aguentar o tranco =)